segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

O RESSENTIMENTO

O ressentimento, essa reação que nos toma conta, o orgulho, está para a nossa dècandece na proporção ao valor que nos damos como seres humanos,  e num retorno a caverna, acreditamos ser nobres. O ressentimento é inato, é ato contínuo e a mesma nobreza que nos leva a sentir mais ou menos a dor que vem de quem nos ressente, deve servir para se saber perdoar. Aceitar um pedido de desculpas, no meio familiar deve estar tão presente quanto o de perdoar, assim também,  entre àqueles que somos amigos, ou são pessoas especiais. Na dècadence"Voilà mes gestes, voilà mon essence", de um estado psicológico doentio, vem se juntar a uma confissão acompanhada  do arrependimento, por falta de resposta de um pedido de desculpas. "Voilà mes gestes, voilá mon essence"

domingo, 12 de fevereiro de 2017