quinta-feira, 7 de maio de 2015

RIO + 20 E O GRANDE CARTÃO POSTAL

Publicado em 20/08/12

Não há como chegar ao Rio sem constatar a degradação que chegou a cidade. Saindo do Galeão passamos, irmãos, cunhadas,  sobrinha e eu, pelo Canal do Cunha, na saída e na vinda do aeroporto e meu pensamento era um só: que bom seria o Rio por volta de 1900 até 1970.  Durante a 2ª Guerra muitos artistas visitaram o Brasil e Vivien Leigh, a Scarlett O'Hara do filme o "Vento Levou" visitou o Brasil e na Praça XV, sentou-se num bar, não é engano meu era um simples bar e ali tocava ao piano Pedrinho Mattar que tremia as mãos no teclado porque os olhos e os ouvidos da encantadora diva  estavam atentos ao grande Pedrinho. Para susto de Vivien um bêbado que frequentava o bar não resistiu aos encantos da atriz, aproximou-se para beijá-la e assustada saiu correndo pela Praça XV atravessando em direção a bela Baia de Guanabara. O bêbado acostumado estava com os turistas, arranhava no inglês e gritava para ela: "Can back miss Vivien" e quanto mais gritava "can back" mais corria Vivien. Naquela época o cais era limpo e a dama do cinema se quisesse podia até mergulhar. Hoje, ninguém se atreve a cair nos esgotos  da Baia, porque vai ficar enterrado naquela "coisa". A Petrobrás já fez o papel dela: disse que iria despoluir, isto em 2009 em solene discurso. Despoluir é muito pouco. Falamos em despoluição como se a coisa não fosse grave. Tanto dinheiro escapou dos cofres do governo para as mãos de políticos corruptos e as necessidades gritantes ficaram de fora: política de esterelização de homens e mulheres com dois filhos, escola de boa qualidade, trabalho e salário digno garantido e moradia igualmente digna. Saúde para a população, que não há numa cidade onde prolifera o mosquito da dengue, esgotos oriundos de falta de saneamento das favelas próximas, fedem. O óleo derramado pela Petrobrás, trabalho começado e não terminado, a proximidade e a extenção do porto junto da cidade com entrada e saída de navios em águas presas, porque os rios que desaguam na baia não podem e não devem contribuir levando o óleo para o mar, sem contar que todos os rios, também estão podres. Moscatelli, biólogo do Rio, diz que só se tem esperança na despoluição na Baía de Guanabara até 2016, e que se isso não acontecer nesse período, a Baía irá virar um "grande penico". Na minha opinião já é um "grande penico". A Av. Brasil no ponto chamado de linha vermelha foi cercado para evitar a passagem para a pista. Solução, não. Ficou difícil de se ver as favelas ao longo do trecho, mas lá atrás encontra-se pessoas mal assitidas que não podem concluir suas moradias que ficaram sem reboco e sem telhado. A solução para o planeta sem duvida é a limitação dos filhos, já que o poder público não se responsabiliza pelas necessidades básicas. Recebi o programa da Conferência da Rio + 20 que será em Junho deste ano e nesta data completará 20 anos que aqui aconteceu a Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento, a ECO 92, onde foi tratado e firmado que medidas iriam ser tomadas para a solução destes problemas. Que bela promessa! 

ASSUNTO RELACIONADO; Marcadores - RIO + 20 E O GRANDE CARTÃO POSTAL - Meio ambiente e sustentabilidade
G - 8 - Que bela promessa

Nenhum comentário:

Postar um comentário