segunda-feira, 22 de agosto de 2011

NON CREO EN HOROSCOPOS - TEORIA DO SISTEMA SOLAR ABALADA

Nos meus vinte anos lia Omar Cardoso (astrólogo), era uma coleção com alguns volumes. Parecia que ali nascia uma astróloga, pois Omar me dizia com todas as letras que eu era do signo de Escorpião, ou seja pessoa com grandes capacidades para enfrentamentos. Via no céu, como vejo até hoje, muitos enigmas. Ele ensinava a fazer horóscopo e não escondia os seus conhecimento sobre a abóboda celeste. Assim como Nicolau Copérnico olhava os astros a olho nu e fez importante descoberta, Omar sentenciava sobre a vida das pessoas. Copérnico criou a teoria heliocêntrica do Sistema Solar e cem anos depois Gallileu Galilei com sua lunetaa na  Itáliaprovou que Copérnico estava certo. O ano passado estive fazendo uma visita  a Universidade Federal do RS precisamente com um Professor de astronomia e dois alunos que juntamente com um casal  de amigos observamos as estrelas orientados pelos alunos e Professor. Fiz alguns questionamentos com relação a velocidade da Terra em viagem em torno do Sol. Questionei a luneta de Galileu e o local da observação. Posteriormente foi publicada uma matéria em jornal sobre o assunto. Estive também na PUC/RS  no museu onde pude ver o Sistema Solar em movimento e a estudante responsável pelo espaço não era de astronomia e brinquei com ela. "Está tudo sacramentado, não há mais dúvida com relação ao andamento do Sistema Solar?" E ela prontamente me disse: "não é a minha área". Disse, então: "não achas pouco tempo para a Terra dar a volta ao redor do Sol em 368 dias e ainda em rítmo de valsa? Não parece uma loucura?"
     Recebi um e-mail com um vídeo maravilhoso com a explicação que eu precisava sobre o cálculo dessa velocidade. O físico ou astrônomo, disse ser assustador essa velocidade.
     Voltando a falar em horóscopo, quando Professora em Porto Alegre conheci uma Engenheira que lecionava matemática e fazia mapa astrológico. Disse a ela "deixa isso para quem não entende de ciências exatas e  assim vai fazendo o mapa sem nenhum conhecimento". Explicou-me, então que o curso que ela tinha ajudava muito, fazia cálculos matemáticos e algo mais para chegar a conclusão de que a pessoa deveria ter algum tipo de destino. Fui firme na minha posição: "ora, ora Professora como pode os astros descidirem a vida das pessoas"? Agora esta semana a minha ex-colega de profissão deverá retificar os mapas que fez para as pessoas pensando em mim certamente. Um astrônomo norte-americano Parke Kunkle descobriu uma nova constelação no Zodíaco. O horóscopo não será mais dividido em 12, mas em 13 vezes para dar lugar a Serpente, ou melhor um Serpentário. Se eu já negava ser Escorpião, imagine Serpentária, Cobra. Os astrólogos irão dizer você é Cobra e a pessoa vai ficar muito feliz. Dona de um signo que resolve tudo. Astuciosa e espreitando sempre. Certeira. As inimigas irão dizer cuidado ela é de Cobra, ou seja é uma cobra, é uma víbora. Non creo en horoscopos. "Yo non creo en brujas, pero que las hay, las hay"  Miguel de Cervantes em dom Quixote de La Mancha. Confira, vale a pena.

Nenhum comentário:

Postar um comentário